1_conceitos

oZ. é uma produtora de artes cênicas, audiovisual e música. Desde 2008, atua no cenário cultural brasileiro e tem como ênfase o intercâmbio cultural. Seus projetos artísticos promovem uma linguagem em criação, na busca de novas ideias e significados, também promovendo o enriquecimento de uma identidade contemporânea e universal, ao permitir a possibilidade de diferentes verdades, ideias, sentimentos e sensações coexistirem num mesmo palco, e criando oportunidades onde diferentes mídias, novos talentos e talentos estabelecidos possam dialogar, aprendendo uns com os outros e explorando os mecanismos que a linguagem contemporânea nos oferece.

2_quemsomos

01_jonas Sócio-fundador da oZ., uma produtora de cultura multidisciplinar fundada em 2008, Jonas atua nas artes cênicas, música, artes visuais, moda e audiovisual. Além de diretor da empresa e produtor de todos os projetos produzidos ou co-produzidos pela oZ., ele também atua na tradução, adaptação, versão brasileira e direção artística de espetáculos de artes cênicas. Participou de projetos de sucesso de público e crítica como “Hedwig e o centímetro enfurecido”, “Inverno da luz vermelha”, “As mulheres de Grey Gardens”, “O desaparecimento do elefante”, “Vampiras lésbicas de Sodoma”, “Mondo Machete”, “Eija-Liisa Ahtila”, “Dussek veste Machete”, “Mondo Machete”, entre outros.

02_cristiane Especialista em audiovisual. Trabalhou por 12 anos com Pedro Rovai, gerenciando os projetos “Tainá 2 – A Aventura Continua” e “Tainá 3 – A Origem”, além de “Qualquer Gasto Vira-Lata”. Coordenou toda a equipe de desenvolvimento do “O Outro Lado do Paraíso”. Na oZ. gerencia projetos e presta assessorial e consultoria às produtoras Sincrocine, Tiete Produções, Cinelândia do Brasil, Caipirinha Filmes, Cara de Cão, Olhar Feminino, Made for TV, Aiupa Produções, Pipa Distribuidora, Videoforum, CDB, Mercurio Produções, H2O Distribuidora etc. Além de firmar parceria com a Planet Pop, de Guto Barra e Tathi Issa, produtores de “Dzi Croquettes”, na coordenação e acompanhamentos dos projetos a serem produzidos em 2016.

04_tathiana (Pipoca & Filmes) – atua na área de produção e distribuição de filmes e séries para TV e produção teatral. Em produção executiva produziu longas e séries de Tv: Altas Expectativas, direção de Pedro Antônio e Álvaro Campos; Barata Ribeiro 716 de Domingos Oliveira; Questão de Família – 1a . e 2a. Temporada, dirigida por Sergio Rezende; Ponte Aérea, direção Julia Rezende. Meu Passado me Condena – 2a. Temporada, dirigido por Julia Rezende. Em distribuição lançou os seguintes títulos pelas distribuidoras, Gávea Filmes, Forte Filmes, Pequena Central e Copacabana Filmes, são eles: Infância. Paralelo 10. Domingos. Fumando Espero. Waldick, sempre no meu coração. Corpo do Rio . Janela da alma. Pro Dia Nascer Feliz. A Mochila do Mascate. A Pessoa é para o que nasce. Feminices. Micaela um filme Mágico (ARG). Espelho D’água uma viagem no rio São Francisco.  Pelas distribuidoras, na época Consórcio Europa Filmes / Art Filmes / MAM, distribuiu os seguintes títulos: Do que as mulheres gostam, Réquiem para um sonho, Traffic, O Barato de Grace, Celebrity, Amores brutos, Um homem de família, The Gift, Tainá, Pi entre outros mais de 10 (dez) títulos. www.pipocaefilmes.com.br

05_andre+cesar  (Treco) – ampliando a capacidade de projetos administráveis, André tem ampla experiência na direção de produção e produção executiva de eventos, festivais e audiovisual, com destaque para o Festival Dois Pontos, e conta com a experiência de Cesar Augusto, conhecido como diretor, curador e programador de teatros e festivais do Brasil e como membro fundador da Cia. dos Atores como ator, diretor e produtor. Paralelamente fez outros projetos: Riocenacontemporanea Festival Internacional de Teatro da Cidade do Rio de Janeiro (membro da diretoria e curador), Festival de Teatro de São Jose do Rio Preto (curador) , Núcleo de Festivais Internacionais do Brasil (associado). Atualmente dirige TEMPO_FESTIVAL das Artes, no Rio de Janeiro. Participou do núcleo de direção artística do Espaço Cultural Sérgio Porto e do Teatro Ziembinski em Ocupações Artísticas. Foi diretor artístico do CAMBIO no Teatro Glaucio Gill e Café Pequeno de 2010 a 2015, e é curador no Galpão Gamboa, dirigido por Marco Nanini e Fernando Libonati. www.treco.art.br

 

3_projetos

Em Produção / Em Cartaz

2016 – produção do espetáculo teatral O teatro de sombras de Ofélia, direção e adaptação de Jonas Klabin. Em parceria com a Gávea Filmes.

Realizados

2015 – produção do evento de dança e música, Dance Rocinha!, com participações de Silvia Machete, Evandro Mesquita e a Blitz.

2015 – produção do espetáculo teatral-musical Mondo Machete, com Silvia Machete, direção Cesar Augusto e texto de Filipe Miguez. Nomeado a melhor produção do Prêmio APTR. www.silviamachete.com.br

2015 – co-direção criativa do catálogo da campanha Asas do Desejo de moda praia do Estúdio Marta Reis. studiomartareis.com/colecao-verao-2016/

2015 – produção do show de música Dussek veste Machete, com Silvia Machete e supervisão artística de Eduardo Dussek.

2015 – coprodução da exposição da artista finlandesa Eija-Liisa Ahtila “Sobre assuntos desconhecidos, natureza dos milagres e possibilidades da percepção”, em parceria com a Cisma Produções.

2014 – produção carioca de The Designated Mourner de Wallace Shawn com Wallace Shawn, Deborah Eisenberg e Larry Pine.

2013 a 2014 – produção de Vampiras Lésbicas de Sodoma, escrita por Charles Busch, um clássico da off-Broadway, direção e versão brasileira Jonas Klabin, com Marya Bravo e Thiago Chagas no elenco. Três vezes vencedor do prêmio Cenym (melhor ator coadjuvante para Thiago Chagas, melhor elenco e melhor design/execução de som). Temporada carioca, turnê para Niterói e ao Festival de Teatro de São José do Rio Preto e participação da ocupação artística DulcinaVista do Teatro Dulcina.

2013, a produção do musical As mulheres de Grey Gardens – o musical, baseado no documentário homônimo, de Doug Wright, Scott Frankel e Michael Korie, direção Wolf Maya, direção musical Carlos Bauzys, versão brasileira Jonas Klabin, com Soraya Ravenle, Suely Franco, entre outros. Três vezes nomeado ao prêmio Cesgranrio (Cenário – Bia Junqueira, Iluminação, Atriz Coadjuvante – Suely Franco), nomeado ao prêmio Shell (Atriz – Suely Franco), três vezes nomeado ao Prêmio APTR (Cenário – Bia Junqueira, Atriz Coadjuvante – Suely Franco, Produção). A cenografia de Bia Junqueira neste musical foi selecionado para participar na Quadrienal de Praga de 2015 representando o Brasil. www.greygardens.art.br

2012 a 2015 – deu continuidade à ocupação artística Câmbio, agora responsável pela produção e programação artística do Teatro Café Pequeno (em parceria com Cesar Augusto e André Vieira).

2012 – produção de um show especial com John Cameron Mitchell e convidados cantando as canções de Hedwig and the Angry Inch, seguido da festa Mattachine dos DJs John Cameron Mitchell, PJ DeBoy e Paul Dawson.

2012 – produção de um seminário com Martin Sherman, autor de Bent, no Rio de Janeiro.

2012 – co-produção do espetáculo O Desaparecimento do Elefante de Haruki Murakami, em temporadas carioca e paulista, com direção de Monique Gardenberg e Michele Matalon, com os atores Caco Ciocler, Maria Luisa Mendonça, Rafael Primot, André Frateschi, Marjorie Estiano, Felipe Abib, entre outros. Produção: Gávea Filmes. Nomeado e vencedor de diversos prêmios, incluindo melhor produção no prêmio APTR. www.gaveafilmes.com.br/o-desaparecimento-do-elefante/

2011 e 2012 – produção da turnê estadual do show de música Marya Bravo – de Pai para Filha.

2011 – co-produção do espetáculo Inverno da Luz Vermelha (em parceria com a Nós Outros Produções) em sua primeira temporada carioca, de Adam Rapp, direção de Monique Gardenberg e Michele Matalon, com André Frateschi, Marjorie Estiano e Rafel Primot. Vencedor de melhor direção (Monique Gardenberg) no Prêmio Contigo. Nomeado a melhor cenário e melhor ator no Prêmio Shell e nomeado a melhor diretor, melhor cenário, melhor iluminação e melhor ator coadjuvante no Prêmio APTR.

2010 a 2011 – ocupação artística Câmbio (em parceria com César Augusto, Tathiana Mourão e Diogo Liberano) do Teatro Glaucio Gill, pelo qual são nomeados ao Prêmio APTR na categoria especial. www.cambio.art.br

2010 a 2012 – a produção do rock-musical Hedwig e o Centímetro Enfurecido, de John Cameron Mitchell e Stephen Trask, dirigido por Evandro Mesquita, versão brasileira Jonas Klabin, protagonizado por Paulo Vilhena, Pierre Baitelli e Felipe Carvalhido, quatro vezes nomeado ao Premio Arte Qualidade Brasil (melhor diretor, melhor atriz em musical, melhor produção e vencedor de melhor ator em musical para Pierre Baitelli), duas vezes nomeado ao Premio Shell (melhor ator e melhor som) e nomeado ao Premio Contigo (melhor versão brasileira). Temporadas carioca, paulista, popular carioca e turnê para Curitiba e Fortaleza. www.hedwig.com.br

2010 – Turnê de Brasileirinho – o Show, em Curitiba e no Rio de Janeiro, que é um encontro do choro brasileiro, contando com os músicos Yamandú Costa, Trio Madeira Brasil, Teresa Cristina, Silvério Pontes, Henrique Cazes, Rui Alvim, e outros.

2009 – estreia carioca da turnê brasileira do DJ Stephane Pompougnac no Hotel Fasano, junto à Rob Digital.

Outros (antes da oZ. existir)

2008 – Jonas Klabin foi responsável pela produção do espetáculo itinerante e interativo Mistério na Mansão de própria autoria e direção. Estrelado por Marcos Oliveira e se apresentando dentro dos cômodos da Casa Museu Eva Klabin. O projeto foi uma realização da Pequena Central de Produções Artísticas. www.pequenacentral.com/o-misterio-na-mansão.html

2007 a 2008 – Jonas Klabin foi produtor executivo do espetáculo O Bem Amado de Dias Gomes, estrelado por Marco Nanini e Cia. dos Atores, com direção de Enrique Diaz, produção artística de Guel Arraes e produção de Fernando Libonati. O projeto foi uma realização da Pequena Central de Produções Artísticas.  www.pequenacentral.com/obemamado.html

2006 – Jonas Klabin escreveu, dirigiu e produziu o espetáculo itinerante e interativo Mistério na Mansão: o caso do vaso perdido de Atlântida. O espetáculo se apresentava dentro dos cômodos da Casa Museu Eva Klabin.

 

 

3_servicos

servico1_b

A oZ. atua nos diversos setores artísticos e culturais. Oferecemos serviços de forma terceirizada de Gestão, Consultoria e Produção para Projetos Culturais, desde a sua concepção, elaboração, formatação, enquadramento nas leis de incentivo à cultura, produção, gestão administrativa, prestação de contas e orientação para captação de recursos. Somos especialistas na Lei do Audiovisual, FSA, em todos os trâmites na Ancine, Lei Rouanet, PROAC-SP, Lei do ICMS-RJ, Lei do ISS do Rio de Janeiro, editais públicos, etc.

Você pode contar com o conhecimento especializado da oZ. em captação, execução e prestação de contas para projetos financiados com qualquer tipo de incentivo. Com a terceirização desses serviços, sua empresa poderá se concentrar em seus objetivos enquanto a oZ. cuida dos detalhes.

servico2_c

  • Criação de conteúdo em conjunto com o proponente
  • Análise de conteúdo e adequação aos objetivos do projeto
  • Elaboração de orçamento e planejamento financeiro
  • Elaboração de book de captação
  • Pesquisa de referências artísticas

servico3_b

  • Federal – Lei Rouanet
  • Estadual – ICMS RJ e PROAC-SP
  • Municipal – ISS RJ
  • ANCINE – todos os processos incluindo registro de empresas, emissão de CPB, emissão de CRT, inscrição na Lei, Editais FSA e Fomento Direto, Classificação de Nível, liberação de recursos, orientação para utilização correta dos recursos incentivados e prestação de contas.

servico4_b

Assessoria para formatação de projetos em editais para captar recursos incentivados. Editais tais como Petrobras, BNDES, Eletrobrás/Furnas, Oi, FSA, Natura, Itaú Cultural, Caixa Econômica, Fomento-RJ, CCBB, Correios, etc.

servico5_b

  • Orientação na utilização dos recursos de acordo com as leis
  • Coordenação da execução física-financeira
  • Elaboração da prestação de contas parcial e final
  • Orientação em prestações de contas já apresentadas

servico6_c

  • Orientação no planejamento de montagem e realização de temporadas para artes cênicas em geral
  • Direção de espetáculos
  • Coordenação geral
  • Temos parcerias estabelecidas com empresas de Design Gráfico, Assessoria de Imprensa, Cenografia, Iluminação e Aluguel de equipamentos.

servico7_b

Seguindo seu crescimento orgânico, a oZ. amplia seus serviços e agora atua também como distribuidora de audiovisual. Com o objetivo de ser a solução para quem quer resolver todos seus projetos culturais num único lugar, a oZ. Distribuidora está pronta para distribuir produções brasileiras ou estrangeiras de longas, médias, curtas metragens e seriados em todo território nacional.

5_imprensa